.

Cardápio final da Festa (27/08/11)

0 comentários |
Além de ter sido uma festa agradável, gostosa, onde consegui reunir parte de meus amigos, foi diet.
Mais isso não significou que pude ficar esbanjando...       
  •   Bolinho de queijo
  • Fogaça de queijo com catupiry
  •  Coxinha
  •   Pão integral com patê de sardinha light
  •  Mini pão com carne louca
  •  Refrigerante zero
  •  Gelatina
  • Beijinho diet
  • Brigadeiro
  • Paçoca diet

  • Bala de coco (não diet)
  • Mini trufa de maracujá diet
  • Bolo



Bolo da Minha festa

2 comentários |
Utilizei 04 pacotes deste (seguir a receita como está no verso da embalagem):

Para o recheio,três embalagens deste mousse (seguir a receita como está no verso da embalagem), fiz dois cortes no meio do bolo para o recheio, assim não corria o risco de ficar seco:

Para cobertura (ganache).



Ganache é aquele glacê de chocolate lisinho, macio e brilhante usado por profissionais.
Serve para cobrir uma torta ou um bolo pequeno.


Ingredientes
200 gr de chocolate meio amargo
1 xícara(s) (chá) de creme de leite fresco

Modo de preparo
Aqueça o chocolate picado com o creme de leite, em potência máxima, por 1 minuto no microondas. Retire e misture até o chocolate derreter e ficar morno.
Eu uso um batedor de arame bem pequeno. Quando estiver morno, quase frio, está no ponto de espalhar. Se endurecer demais é só colocar mais um pouco de creme de leite e aquecer, quinze segundos por vez.



Fonte:  http://cybercook.terra.com.br/receita-de-ganache-de-chocolate.html?codigo=11851

Nas bordas eu fiz uma pequena decoração com chatilly diet.

A festa saiu como eu queria, mais o bolso sentiu kkkkk....

Meu bolo
                        

Beijinho diet (Receita da minha festa)

0 comentários |

Ingredientes para Receita de Beijinho caseiro

  • 1 coco grande natural
  • 2 latas de leite condensado diet
  • 3 colheres de manteiga
  • Cravos-da-índia
  • Coco ralato

Modo de fazer

Numa panela, adicione o leite condensado, o coco natural já ralado e a manteiga.Leve ao fogo brando e mexa sem parar até que apure por uns 15 minutos. Cuidado para não grudar e queimar.
Deixe esfriar, unte as mãos com manteiga e com a ajuda de uma colher separe pequenas quantidades, faça bolinhas e mergulhe no coco ralado. Coloque em forminhas e espete com o cravo, caso queira.

História do Beijinho
"Um grande número de doces confeccionados em conventos tinha nomes apelativos, de inspiração até erótica, que denunciavam a falta de vocação religiosa de boa parcela de irmãs.
Muitas delas foram enclausuradas pelos pais ou pelos maridos por mau comportamento; outras ocupavam as dependências religiosas por serem secundogênitas-segundas filhas. Por terem um dote menos consistente que as primogênitas, elas tinham dificuldade para arrumar um bom casamento.” (quê???) (Revista de História da Biblioteca Nacional/janeiro2011-pág39)
O beijinho é um docinho que nasceu num convento com o nome de “beijo de freira” e era confeccionado, originalmente, com amêndoas e calda de água com açúcar.
Após o século XVII, aqui no Nordeste, ao se trocar amêndoas por coco ralado e a calda de água com açúcar por calda de leite com açúcar, passou a se chamar de “beijo de coco”. Mais tarde, na segunda metade do século XX, com o “booom”  do leite condensado, o beijo de coco, ganhou um cravo-da-índia e passou a ser chamado de “beijinho”.
Como se vê, amigos, muitos doces,roscas,biscoitos e salgadinhos foram inventados dentro de um convento pelas meninas que sofreram a tortura da clausura, pelo simples fato de terem nascido mulheres…

Exclusivo: Meu Aniversário Diet!

3 comentários |
Ufaaa!!!
Finalmente niver concluido, confiram as fotos:

Primeiro pedaço ao baby da tia



Presentes...
 


 





Coca zero e outros refris diets




Bolo, beijinho, brigadeiro diets, menos a bala de coco

 

Este bolo...Tudo de bom!


 

Salgados, não teve jeito comum, mais fiz um pão integral com patê de sardinha light.


Aniversários Alheios

0 comentários |

Tô por conta estes dias...
Disseram-me ser exagero e frescura... Mais não é!
Tô cansada de ir nos aniversário de amigos e não ter ao menos um refri diet.
Meu marido me disse, que eu tinha que respeitar... que ninguém tem nada a ver e bláblá...
Acho que se eu estivesse indo nos aniversários de colegas distantes ou apenas conhecidos, não me importaria... Mais os da própria familia!
Temos que nos poupar na alimentação. Imagine só: E se tomarmos um copo de refrigerante comum?
Se ele nos "ressucita" de uma hipo, com a glicemia normal, ou um pouco acima, nos levaria ás alturas...
Agora ando com um saquinho de suco diet na bolsa, adoçante (pq tem gente que não o tem em casa), e uma necessarie, com um arsenal de alimentos para sobrevivência do diabético...
Espero que um dia, as pessoas que cercam os diabéticos se conscientizem, disso. Não somos doentes crônicos por opção, e nem coitadinhos. Pedimos apenas que pensem um pouco em nós...

Campos do Jordão

0 comentários |
Tive a oportunidade de ir para Campos do Jordão este mês. Amei o passeio!
As malhas o Pico do Itapeva estavam hiper baratas. Até as do centro estavam com um preço bacana.
Como ainda não conhecia a Loja da Cacau Show de lá, fiquei toda empolgada para vê-la, e quem sabe pagar mais barato em uns chocos diets.
Para minha surpresa os preços não eram nada em conta lá, pelo contrário, quase 15% a mais...

Pico do Itapeva

Arborismo

Amigos e eu na Loja da Cacau Show

Hummmm (Loja da Cacau Show)
Eu, Marcelo e Andréa.

Brigadeiro Diet (receita do meu niver)

1 comentários |
A receita do brigadeiro diet, nada tem de diferente do brigadeiro comum... a não ser os ingredientes.
A margarida é encontrada no supermercado comum, o achocolatado nas redes de hipermercados, o leite condensado sempre compro no Supermercado Hirota (em São Paulo) e o granulado é uma “fuçação” total para achá-lo.
Ingredientes:
:
·         1 lata de leite condensado
·         1 colher de sopa de margarina sem sal
·         7 colheres de chocolate em pó
·         Granulado para polvilhar as bolinhas
Modo de fazer:
·         Coloque em uma panela funda o leite condensado, a margarina e o chocolate em pó
·         Cozinhe em fogo médio e mexa sem parar com uma colher de pau
·         Cozinhe até que o brigadeiro comece a desgrudar da panela
·         Deixe esfriar bem, então unte as mãos com margarina, faça as bolinhas e envolva-as em chocolate granulado
As 
Para Matar a curiosidade:
História do brigadeiro
O Brigadeiro surgiu de uma campanha eleitoral. Hoje é um docinho que não pode faltar nas festas de aniversário e nem mesmo quando junta toda a galera. Um doce simples e muito conhecido é passado de geração para geração.
Foi na eleição que disputou com Dutra, logo após a deposição de Getúlio, em 45, que o Brigadeiro ''que é bonito e é solteiro'' (seu bordão de campanha), apareceu pela primeira vez. A eleição acabou sendo ganha pelo candidato do PSD e PTB, Eurico Gaspar Dutra. Eduardo Gomes fora um dos tenentes de 30 e um dos heróis do episódio dos ''18 do forte''. Era o candidato da União Democrática Nacional, UDN. As eleitoras faziam docinhos e trocavam por donativos de campanha. Uns afirmam que foi uma senhora de Minas que teria feito os primeiros docinhos e oferecido ao candidato ''os docinhos preferidos do brigadeiro''. Depois o nome teria sido simplificado. O doce é feito com com leite condensado, margarina e chocolate em pó. Coloca-se tudo em uma panela e leva-se ao fogo até soltar bem do fundo da panela. Retira-se e coloca-se num prato untado de manteiga para esfriar um pouco. Quando estiver morna a massa, untar as mãos com manteiga e fazer as bolinhas. Passam-se em confeitos bem pequeninos ou chocolate granulado. Colocam-se em forminhas de papel.
O "brigadeiro" é um docinho de festa muito apreciado em todo o Brasil, particularmente nas áreas mais urbanas. Ele é conhecido em muitos países como "trufas brasileiras", pois a textura macia e delicada do chocolate faz lembrar as trufas francesas, embora o "brigadeiro" seja bem mais doce que elas. Os "brigadeiros" eram sempre servidos nas festas infantis, logo depois da hora do bolo e após cantar o "Parabéns". Hoje em dia, o protocolo foi quebrado e as crianças (de todas as idades) liquidam os "brigadeiros" que enfeitam a mesa do bolo bem antes da hora programada.

Imagens dos ingredientes:






Menu do Aniversário

0 comentários |

Finalmente fechado!
Ufa!
O menu do meu niver foi finalizado e está encaminhado.
Graças á Deus!
Como vinha dizendo, queria tudo ou pelo menos 80% das coisas diets e  lights...
Consegui!
Tudo por que me programei meses antes, uma vez que nossas coisas são caríssimas e difíceis de achar.
O segundo maior problema foi achar quem poderia cozinhar, uma vez que não teria tempo para isso fazer. Pesquisei e liguei para "trocentas" pessoas, e nada. Foi quando eu fui buscar o bolo de niver da minha sobrinha, e pedi para a boleira  uma indicação, a mesma me passou o contato de D. Dora, liguei, falei com ela, e pronto, problema resolvido. Ontem fui na casa dela levei todos os ingredientes e ela vai fazer...
Menos mal!
Comprou-me apenas o dia dela...
Agora é só esperar dia 27/08 chegar....
Ao longo da semana vou postando como será feito cada alimento e os materiais utilizados.
Será publicado no marcador receitas.


SEGUE O MENU E O VALOR APROXIMADO DE CARBOIDRATOS DE CADA ALIMENTO.

Bolo de chocolate (com  recheio de chocolate e morango) -Diet
Brigadeiro (diet) -20g = 8,9g de CHO
Beijinho (diet) -20g = de 8,9 deCHO
Paçoca (diet) = 22 =9,9 de CHO
Trufa pequena (uma unidade pequena)= 7g de CHO
Refrigerantes (diets)= menos de 1g de CHO
Pão integral com patê (light) uma fatia =15g de CHO
Coxinha ( uma unidade pequena) = 4g de CHO
Bolinha de queijo ( uma unidade pequena)= 5g de CHO
Kibe ( uma unidade pequena)= 9 g de CHO)
Risoli ( uma unidade pequena) = 10 g de CHO


Diabetes Mody

0 comentários |
A diabetes tipo MODY (Maturity-Onset Diabetes of the Young) é um subtipo da diabetes Mellitus, caracterizado por manifestação precoce (em geral abaixo dos 25 anos de idade) e com transmissão autossómica dominante (determinada em pelo menos três gerações). Corresponde a um defeito primário na secreção da insulina, associada a disfunção na célula β pancreática.
Assim, as premissas necessárias para o diagnóstico de diabetes tipo MODY são:
  1. Diagnóstico efetuado antes dos 25 anos de idade em, pelo menos, um membro da família.
  2. Transmissão autossómica dominante com, pelo menos, 3 gerações atingidas pela diabetes.
  3. Capacidade de controlo da diabetes sem recurso à insulinoterapia (e sem desenvolver cetose) durante um período de, pelo menos, 2 anos ou níveis significativos de péptido C.
De acordo com vários estudos realizados, a diabetes tipo MODY, corresponde a uma condição monogénica de elevada penetrância, no entanto com uma elevada heterogeneidade a nível clínico. Esta heterogeneidade permitiu, até ao presente a determinação de vários subtipos de diabetes tipo Mody, conhecendo-se atualmente seis genes responsáveis pelo desenvolvimento da doença, permitindo a sua classificação em seis subtipos distintos: MODY 1, MODY 2, MODY 3, MODY 4, MODY 5 e MODY 6. É importante referir que deverão existir outros genes, ainda não identificados, que sejam responsáveis pelo desenvolvimento de outros subtipos de diabetes tipo MODY, comummente referidos como MODY X.
A diabetes tipo MODY, descrita pela primeira vez em 1974, atinge cerca de 2% (1-5 %) do total de doentes diabéticos. Admitindo que em Portugal existem 600.000 doentes diabéticos, cerca de 12.000 destes doentes teriam aquele tipo de diabetes. Contudo, grande parte desses doentes acabam por ser classificados como diabéticos tipo 1 ou 2, consoante o subtipo de MODY. Dever-se-á suspeitar de diabetes tipo MODY em doentes tidos como diabéticos tipo 2 com início da doença em idades precoces e pesada carga familiar ou em doentes classificados de diabéticos tipo 1, mas controlados com baixas doses diárias de insulina ou com níveis de péptido C dosáveis.
Sabendo-se que a diabetes tipo MODY tem evoluções diferentes, consoante o subtipo em causa, a caracterização genética aumentará a informação relativa ao prognóstico. Além de permitir a estratificação quanto à probabilidade do desenvolvimento das complicações tardias da diabetes, a caracterização genética do subtipo de MODY em causa poderá ter implicações sobre o esquema terapêutico a adotar e sobre o grau de exigência relativo ao controlo metabólico.
O estudo genético dos restantes familiares (diabéticos ou não) permite a identificação dos membros da família em que a mutação está presente. Em membros da família em que a mutação esteja presente mas a diabetes não se tenha desenvolvido, sobretudo nos familiares em idades mais jovens, um maior incentivo à adoção de estilos de vida saudável poderia ter implicações em termos de retardamento no desenvolvimento da doença.

Fonte: Sociedade Portuguesa de Diabetologia

25 anos chegando...

0 comentários |
Estou a 12 dias de completar meus 25 anos, como diria minha amiga Vilma Campos o filme de repente 30, cairia bem para nós.
Irei fazer minhas festa, uma pequena confraternização para reunir amigos, a ultima que tive foi há 10 anos atrás, no meu aniversário de 15 anos.
Quantas coisas mudaram de lá pra cá, inclusive na minha saúde. Hoje sou diabética, nunca pensei que um dia esta doença poderia vir a me acometer. Por mais que nos acostumemos com uma vida mais regrada e com as picadas diárias, no fundo ninguém imagina que isso possa ocorrer.
Para comemorar, este ano resolvi fazer uma festa diet, tenho andado muito para conseguir compor o menu, é muito dificil achar alimentos apropriados. Quinta-feira andei demais, para ver o que poderia comprar. Não tem sido fácil!
O orçamento ultrapassou todos os limites mesmo sendo uma festa pequena.
Tá na hora de alguém montar uma loja com produtos SÓ DIET!
Ou pelo menos ter uma parte exclusiva para nós!
Sério fiquei com dor de cabeça de tanto rodar dentro de um supermercado para achar apenas uma gelatina diet...
Aproveitando o ensejo de festa de aniversário,se eu pudesse pedir um presente de aniversário, queria uma bomba de infusão contínua, desde que a Meg foi embora meus índices glicemicos voltaram a subir...


Bomba de Insulina (Parte XII)- A Despedida

0 comentários |
Tirando o catéter

Guardando a Meg

Com o coração partido me despedindo. Amanhã os Correios virá buscá-la.

Adeus Meg! Foi bom enqto durou. Agora vá abençoar outra vida!

Presente de Aniversário Adiantado

0 comentários |
Estava eu no serviço, quando recebo uma encomenda com o nome de Vilma Campos.
Vilma Campos?
Na hora lembrei da minha amiga, só que ela não havia me dito nada. Por isso entreguei a encomenda para a responsável do local. Três dias depois, Evelyn me liga perguntando do presente...
Comecei a rir.... Presente? Mais que presente?
Foi quando ela disse que havia junto com a Vilma comprado o meu presente de niver adiantado...
Corri atrás da pessoa a quem eu havia entregado o pacote... E la estava ele:
Breve receitas daqui no blog

Bomba de Insulina (Parte XI) - Dia- a -Dia com a bomba: Na prática.

0 comentários |



Sentada, em nada atrapalha.



Em pé, nem parece que estamos com ela.

Para não incomodar, costumo colocá-la com o visor para dentro.

Bomba de Insulina (Parte X)

0 comentários |
Desde das 19h30 de hoje (08/08/11), meu coração tá doendo. Sabia que este momento chegaria, mais eu não tava preparada para ele. A Medtronic ligou para agendar a retirada da Meg ( a bomba de infusão).
A gente ia tão bem...
Quando abri meu e-mail, havia a confirmação de retirada dos Correios.
Agora será aquela burocracia toda para entrar com ação judicial, e conseguir a minha bomba...aquela encheção e estresse como a que passei para ter as insulinas de alto custo.
Bom, não vou sofrer por antecedência...
Mais aqui fica meu adeus á Meg...
Agradeço a Fernanda (meu primeiro contato na Medtronic), ao Giovanni ( que fez os contatos telefônicos) e principalmente á Erika, enfermeira que me acompanhou este mês.
Foto que tirei enquanto postava...
Adeus Meg!

Ótima dica para leitura!

0 comentários |

Sexta-feira fiz uma loucura, parei em uma banca de jornal e pedi tudo o que havia sobre diabetes. Selecionei algumas revistas que ainda não tinha com assuntos interessantes e pronto: Fiz diversas aquisições!
Meu Pai do Céu!
Haja bolso!
Mais valeu a pena, agora estou lendo em doses homeopáticas para melhor apreender e aprender os conteúdos.
Vou postar a imagem do livro que mais gostei: Ótimo!!!!
                                                                                     R$ 24,90 (meio carinho, mais vale a pena)

Revistas

0 comentários |
Tô montando minha biblioteca sobre diabetes. Tenho esta coleção, vale a pena. Todas por R$34,50.
A quantidade de pessoas diabéticas cresce a cada dia, e o pior, as vítimas são cada vez mais jovens.

Com o intuito de ajudar no tratamento e prevenção, a revista Diabetes – Controle & Saúde traz, com uma linguagem simples e clara, informações sobre os vários tipos da doença, além de seus tratamentos.

Conheça também as melhores dietas, receitas especiais e dicas de como manter o controle do diabetes com segurança.

Aproveite esta promoção! Adquira cinco volumes da Coleção Diabetes – Controle & Saúde e leve o nº 6 inteiramente grátis.

Fonte: http://www.escala.com.br/detalhe.asp?id=11273&grupo=41&cat=139

Bomba de Insulina (Parte IX)

0 comentários |
Passei na Dra. Laura semana passada, como disse ela está muito feliz com os resultados, e eu mais ainda. Há meses não me sinto eu mesma. Meg ( a bomba) está aqui quietinha, só lembro da existência dela quando vou tomar banho ou chega o dia de trocar os insumos. Feliz!
Ray, minha nutricionista conversou muito comigo, as coisas estão andando. Toda a equipe que vem me acompanhando está feliz. Sou grata á Deus pela existência de cada um deles.
Este final de semana parei para organizar meus exames. Eu como grande parte das virginianas sou muito organizada com meus papéis, tenho todos os exames desde o diagnóstico em ordem cronológica, e não são só os sintomas que dizem que eu tive um progresso, os exames também.
Me perguntaram se todos os diabéticos devem usar bomba, clinicamente eu não sei, mais pela praticidade digo que sim, agora devo enfatizar que exige cuidado no dia-a-dia e na troca dos insumos.
No decorrer do test drive engordei 3 quilos, confesso que fiquei triste...Mas a Meg me conforta kkkk
Tal felicidade só poderia ser complementada curtindo meu sobrinho que está por vir....
Eu curtindo o baby